web analytics

Qual é a agenda alienígena?

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 5 min.

Se aceitarmos que os OVNIs são de fato o produto de vida inteligente de outro lugar, então o grande número de avistamentos, tanto nos tempos modernos quanto ao longo da história registrada, sugere que alienígenas visitam a Terra há pelo menos milhares de anos, se não muito mais.

Qual é a agenda alienígena?
O que eles realmente querem aqui?

Se for esse o caso, precisamos perguntar porque eles estão fazendo isso. O que há na Terra que continua atraindo essa inteligência de volta? São os recursos naturais do planeta? Talvez a pletora absoluta de vida que se encontra aqui? Ou pode ser a própria humanidade? E talvez o mais importante, qual é a agenda em relação à vida dos humanos no planeta hoje?

Claro, essa é uma pergunta impossível de responder em um artigo, ou mesmo em muitos volumes de livros. Podemos, no entanto, destacar várias razões potenciais para a presença alienígena prolongada na Terra. E embora essa presença aparentemente esteja aqui desde a antiguidade, ela parece ter aumentado um pouco na segunda metade do século XX.

Escrevemos em várias ocasiões sobre as palavras e advertências de Paul Hellyer, e a importância de obter tais respostas para as questões que envolvem a presença alienígena na Terra, mais cedo ou mais tarde. O fato de Hellyer, um ex-ministro da Defesa canadense de alto escalão estar disposto a dizer essas coisas sabendo do ridículo que enfrentaria, deveria nos fazer prestar mais atenção.

Uma corrida similar a uma “guerra”!

Alguns pesquisadores concordam muito com o resumo de Hellyer sobre a questão alienígena, em particular, o desejo de reter a tecnologia da humanidade. Isso é interessante em vários níveis, principalmente quando colocado ao lado de lendas “míticas” como Prometeu dando fogo (conhecimento/tecnologia?) aos seres humanos.

Talvez o principal pesquisador de OVNIs do Reino Unido, Nick Pope, diga melhor:

“Afinal, somos uma raça que usou a bomba atômica em seu próprio povo!”

Essa linha, da perspectiva hipotética de uma raça inteligente e avançada “de fora”, talvez valha a pena ler novamente! Confiaríamos em nós mesmos?

Embora seja talvez algo o fato de que destruímos a nós mesmos e tudo mais na Terra junto conosco, de uma perspectiva extraterrestre, se de repente fôssemos capazes de trazer nossos caminhos destrutivos para o cosmos exterior, pensaríamos duas vezes antes de agir de tal maneira? Talvez esta seja a razão pela qual os avistamentos de OVNIs explodiriam logo após as bombas atômicas sobre o Japão em 1945?

Por mais arrepiante que seja, talvez valha a pena lembrar a grande quantidade de relatos de abduções alienígenas que falam de advertências de como os humanos usam a energia nuclear. Ainda mais perturbador é o número de advertências de que, se não mudarmos de atitude, o assunto estará fora de nossas mãos.

Muitos consideram tais advertências como significando a destruição total da raça humana por meio de algum tipo de invasão. No entanto, dada a sua aparente preocupação com o planeta, é indiscutivelmente improvável que tal ação destrutiva ocorra. Talvez a “ação” viesse na forma de atrasar a humanidade de uma forma ou de outra. Talvez na esperança de que volte a se desenvolver com tendências menos bélicas. Isso não quer dizer, no entanto, que seria uma boa notícia para a maioria da raça humana viva agora.

Exemplos da História

Há muitos exemplos de tal intervenção nos assuntos humanos da história. Muitos dos quais podem ser encontrados nos escritos antigos de tais tempos. A Bíblia, no capítulo 11 do Gênesis, por exemplo, conta a história da Torre de Babel. Dizem ter sido construída após o dilúvio, na Mesopotâmia. A Bíblia fala de um prédio de 91 metros de altura*.

*[O Livro dos Jubileus menciona a altura da torre como sendo 5 433 côvados e 2 palmas, ou 2 484 m, cerca de três vezes a altura do Burj Khalifa, ou cerca de 2,5 quilômetros de altura.]

Ao ver a torre e a unidade da humanidade, Deus ordenou sua destruição e a “língua confusa” dos humanos! Os próprios humanos se espalhariam pela Terra. Também declara como eles “corromperiam o espírito de unidade” da humanidade. E até mesmo encorajar os humanos a entrarem em conflito uns com os outros.

O interessante é que essas acusações são as mesmas que muitos lançam contra as “elites” da sociedade hoje. Talvez também seja interessante, pelo menos de acordo com algumas teorias, que essas elites também compartilhem conexões, e às vezes linhagens, com antigas seitas secretas, cuja própria história está enraizada nos antigos templos da antiguidade, que por sua vez remontam aos “ deuses” que uma vez caminharam entre a humanidade.

Com essas antigas escolas de mistério em mente, alguns acreditam que a Torre de Babel não era literalmente uma construção alta, mas foi representada como tal por ser capaz de “conectar-se aos céus”. Para alguns, essa descrição era de um portal ou portal estelar, usado pelos deuses e agora controlado pela humanidade. Ou talvez fosse um local de lançamento onde os humanos planejavam lançar sua própria “nave espacial” como os deuses. Mais uma vez, um pensamento bizarro, mas não tão exagerado quando nos lembramos do ministro mexicano do turismo, Luis August Garcia, comentando sobre as “plataformas de pouso de 3.000 anos na selva” do México, onde os maias reinaram.

Mantendo a Humanidade “Aterrada!”

Outro possível exemplo de humanos tendo seu progresso coletivo intencionalmente retardado pode ser o trágico incêndio da Biblioteca de Alexandria no final do século III. Diz-se que já continha mais de um milhão de pergaminhos de conhecimento e sabedoria antigos. Tudo, desde astrologia, astronomia, ciência, matemática, medicina e até filosofia. No incêndio perdeu-se “a verdadeira” história da humanidade.

Essas queimas viriam sob a instrução de Constantino, que logo após testemunhar “uma cruz no céu” durante a Batalha da Ponte Mílvia, juraria sua lealdade ao que ele interpretou como Cristo. Poderia esta cruz brilhante realmente ter sido um OVNI de uma variedade de porcas e parafusos? E a queima de tal conhecimento na Biblioteca de Alexandria não aconteceu apenas por ordem de Constantino, mas por ordens dadas a ele de cima? Uma forma de garantir que a humanidade perdesse o acesso aos tesouros de sabedoria construídos ao longo de muitos séculos?

Talvez valha a pena mencionar a queima de livros pelo regime nazista na década de 1930 em nome de Adolf Hitler. Muitas pessoas próximas a Hitler diriam que ele “era possuído” às vezes por “outras entidades”. Essas entidades poderiam ter sido extraterrestres, usando pessoas facilmente corruptíveis como Hitler para realizar seus atos destrutivos?

Talvez um equivalente moderno dessas medidas drásticas de remoção de conhecimento das grandes massas do público esteja acontecendo hoje com medidas cada vez mais sigilosas e restritivas em relação à Internet. Muitas pessoas aceitam que, coletivamente, a humanidade está na era do despertar. Nas primeiras décadas do século XXI, a maioria tem mais acesso a informações de fluxo livre do que nunca. Poderia esta pode ser a nossa versão “digital” da Torre de Babel?

Novamente, é uma afirmação bizarra, mas talvez apenas por causa das restrições do conhecimento “aceito”.

Um grupo “extraterrestre geopolítico”?

Linda Moulton-Howe afirmou que o governo dos EUA tem “prova de grupos extraterrestres geopolíticos de pelo menos três raças!” Essas raças estão em conflito em relação à Terra, à humanidade e ao futuro de ambos. Na verdade, por mais malucas que essas declarações pareçam para a maioria, elas estão vindo cada vez com mais frequência. E de pessoas igualmente importantes e respeitadas. Mencionamos Paul Hellyer, por exemplo, na abertura deste artigo.

Talvez, da mesma formada queima da Biblioteca de Alexandria e assim perder para sempre milhares de anos de aprendizado e conhecimento, novamente possamos olhar para as medidas contínuas que vemos hoje para “restringir a Internet” sendo a versão moderna de retirar tal conhecimento.

As declarações sobre influência geopolítica e “grupos políticos cósmicos” fazem certo sentido. Pelo menos se você concordar com a teoria dos antigos astronautas. O “direito divino de governar” era “um presente” dos deuses. Os deuses que a maioria concordaria são alienígenas em vez de divinos por natureza. Esses extraterrestres governariam a humanidade na antiguidade antes de passar esse “direito divino” para linhagens humanas selecionadas. Eles também passaram suas leis, formas de governo, códigos morais e tudo mais que trouxe a “civilização” dos tempos pré-históricos.

Talvez faça sentido então, se aceitarmos que Moulton-Howe esteja correta por um momento, que tais decisões políticas ainda estejam ocorrendo entre tais raças. E então agiu pelas linhagens de elite que permanecem no poder.

Uma noção assustadora e perturbadora!

Quando analisamos os desaparecimentos em massa e se eles poderiam, de fato, ser abduções alienígenas em massa, os incidentes foram descritos como uma potencial “colheita” de seres humanos. De fato, uma teoria sustentada por muitos pesquisadores de OVNIs é que não somos nada mais do que um experimento para extraterrestres. Muito possivelmente, as razões para esses experimentos são para um programa híbrido humano-alienígena, conforme teorizado por David Jacobs. Alguns vão ainda mais longe e descrevem a Terra como um laboratório vivo, gigante. Uma perspectiva sombria, sem dúvida, mas talvez não tão louca quanto parece.

Se mergulharmos um pouco na história, ainda que seja uma lenda e um mito, o Jardim do Éden nas histórias de Adão e Eva (humanos) não seria nada mais do que outra descrição da Terra na antiguidade? A serpente (ou Satã/Prometeu) representando uma facção “rival” dentro das fileiras alienígenas? Isso certamente se inclina para as reivindicações atuais de “alienígenas rivais” competindo pelo futuro da humanidade.

Existe mais de uma raça de alienígenas visitando a Terra? O suposto acordo entre o presidente Eisenhower e uma raça alienígena em 1954 (aliás, um ano que viu um aumento nos avistamentos de OVNIs) faz parte dessa agenda? E entre as questões, reivindicações e teorias, onde nós, a raça humana, nos encaixamos em tudo isso?

Talvez valha a pena deixar este artigo com esta citação da já mencionada Linda Moulton-Howe. Ela afirma claramente que acredita em suas décadas de pesquisa que:

“Existem extraterrestres que querem ver a humanidade evoluir e crescer. E outro grupo que quer nos ver destruídos!”

Confira o vídeo abaixo, que mostra a Agenda Alienígena com um pouco mais de detalhes:

[Para instruções de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui.]

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward de Lima, Maria Dorotea Soares, Leopoldo DeLa Rocca, Fabiano de Faria, Silas Raposo, Eduardo Figueiredo, Paulo Sanchez.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!